5

Obs.: Cachorros de palha eram lindamente feitos na China antiga para ornamentar festivais e quando o festival acabava eles eram invariavelmente queimados

5

Em termo das dez mil coisas

O mundo age e não falha

Ele trata todas elas

Como a cachorros de palha

E em termos do ser humano

O homem sábio não falha

Ele trata todos eles

Como cachorros de palha

Eu comparo a atmosfera

Como o fole de abanar

É vazio e não se esgota

Gera mais força ao se usar

Não é assim com a fala

O tagarelar constante

Gera logo a exaustão

E não se segue adiante

Melhor seria o silêncio

Pois a vida é um passeio

Onde o melhor caminho

É o caminho do meio.

Publicado por Ateliê de Blogs

www.ateliedeblogs.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: