Não dar valor à pessoa

Que tem grande habilidade

Isso evita que o povo

Se perca em rivalidade

Não dar valor a tesouros

Difíceis de conquistar

Isso evita que o povo

Endoide e pense em roubar

Ignorando essas coisas

As que se deseja mais

Isso faz que todo povo

Tenha o coração em paz

Assim que governa o sábio

Trabalhando igual formiga

Esvazia os corações

E enche toda barriga

Ele faz mais pelos seus

O que queremos pros nossos

Esvazia seus desejos

E fortalece seus ossos

Em matéria de desejos

Faz o povo ignorante

E o sábio que se arvorar

Ele não segue adiante

Quando age sem agir

Praticando a restrição

Nada está desgovernado

Na terra há união.