Saber e achar não saber

É uma coisa elevada

Não saber e achar que sabe

Eis a doença malvada

Apenas sentindo dor

Por possuir tal doença

Que nos livramos dela

E sua cruel sentença

O homem sábio é sábio

Porque ele compreende

Que ele é ignorante

E seu lamento suspende.